segunda-feira, 27 de fevereiro de 2017

Ao lado de precursor do golpe contra Dilma, Juju consegue verbas para a saúde

Posted at  segunda-feira, fevereiro 27, 2017  |  in  Politíca

Foto: Reprodução/Prefeitura Municipal de Jaguaribara
Jaguaribara em Foco publicou em 15 de fevereiro que o prefeito jaguaribarense Joacy Alves dos Santos Júnior, o Juju, esteve em Brasilia buscando melhorias para o município. Na ocasião Juju esteve reunido com o senador cearense Tasso Ribeiro Jereissati e o deputado federal Raimundo Gomes de Matos, ambos do partido PSDB. Acompanhado do ex-prefeito Francini Guedes, em Brasília, eles dialogaram à cerca dos problemas enfrentados pelo município e a demanda de recursos necessários para amenizar a situação de Jaguaribara. Segundo nota publicada pela Prefeitura Municipal de Jaguaribara foi firmada uma emenda no valor de 500.000,00 (quinhentos mil reais) para a saúde, no tocante à atenção primária. 


Para quem não sabe, o senador Tasso Jereissati foi um dos precursores do impeachment da presidente Dilma Rousseff, do PT, no Senado. Antes da votação do impeachment, Jereissati ofereceu um jantar para os senadores tucanos Aécio Neves (MG), Cássio Cunha Lima (PB), José Serra (SP), Antonio Anastasia (MG) e Aloysio Nunes (SP), além do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), do líder do PMDB na Casa, Eunício Oliveira (CE), e do senador Romero Jucá (PMDB-RR). Durante o encontro, eles discutiram “cenários” sobre o afastamento da presidenta Dilma Rousseff.  Favorável ao impeachment, o senador com maior renda declarada em 2014, de R$ 389 milhões, traz no currículo histórias de desvios e gasto de dinheiro público para fins pessoais.

Os maiores escândalos envolvendo o nome de Tasso Jereissati foram aqueles ligando-o ao desvio de verbas no BEC (Banco do estado do Ceará)e na Sudene.  O caso do avião fretado com dinheiro do senado teve ampla divulgação na mídia nacional, principalmente devido ao desentendimento no plenário com o senador Renan Calheiros


Tasso Jereissati também foi um dos responsáveis pelo Açud
e Castanhão em Jaguaribara. Durante a construção do açude foi necessário remover a antiga sede do município de Jaguaribara, que ficou sob as águas. Em substituição à cidade submersa, foi construída a cidade de Nova Jaguaribara. A obra foi iniciada em 1995, durante o governo de Tasso Jereissati, e concluída em 23 de dezembro de 2002, pelo governador Beni Veras (PSDB), numa parceria entre a Secretaria de Recursos Hídricos do Ceará - SRH-CE e o Departamento Nacional de Obras Contra as Secas - DNOCS.

Falando na cúpula do PSBD nacional, podemos destacar sua impopularidade no município de Jaguaribara. Exemplo disso foi o resultado do 2º turno na eleição presidencial de 2014. Nesse pleito, Dilma agarrou 86,51%  do eleitorado jaguaribarense, enquanto Aécio obteve apenas 13,49% dos votos válidos. Em dados absolutos Dilma teve 5.074 votos, ante 791 do tucano. 











Curta e compartilhe

0 comentários:

.
--
Copyright © 2013 Jaguaribara em Foco. Blogger Template by BloggerTheme9
Proudly Powered by Blogger.
back to top